27 de jan de 2012

Animação sobre alimentação saudável e atividade física.

Estava eu navegando na internet (novidade...) quando me deparei com este vídeo no site Youtube, assisti e gostei muito!
Ele pode ser usado em educação nutricional com crianças, pois está bem didático. 
Ele não fala sobre a pirâmide dos alimentos, mas fala direitinho sobre os alimentos reguladores, construtores e energéticos. (Só não gostei do ovo frito no prato do garoto)...
O que faltou neste vídeo foi uma nutricionista, mas tudo bem né...
Isto serve de exemplo pra nós (nutris), cairmos na real e começarmos a fazer nossas próprias animações sobre alimentação saudável e divulgar nossa profissão.
Eu tenho muita vontade, só não sei desenhar (rsrs). Então se tiver alguém aí que entenda de animação e estiver afim de fazer uma parceria, estamos aqui pra isso!


Beijos nutritivos a todos!!!

Katia Lima 
Nutricionista




Não existe leite materno fraco, afirma nutricionista




Nutricionista Márcia Regina Vitolo ganhou destaque nacional com pesquisa sobre amamentação

Um trabalho realizado pelo Núcleo de Pesquisa em Nutrição da Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre (UFCSPA) teve reconhecimento nacional com o Prêmio Saúde na categoria Saúde da Criança, concedido pela revista homônima, da Editora Abril. 

A equipe da professora Márcia Regina Vitolo avaliou o impacto da implementação de um manual do Ministério da Saúde com 10 passos para uma alimentação saudável, voltado a crianças menores de dois anos. 

O grupo levou as informações a pediatras e a outros profissionais, em 32 unidades de saúde da Capital, nas quais o número de crianças que se alimenta só de leite materno até quatro meses de vida aumentou em 15%. 

Quais são as principais dicas do manual?
Márcia Regina Vitolo — Amamentar a criança só com leite materno até o sexto mês de vida — enfatiza-se muito que não é necessário dar chá e água, mesmo durante o verão. Ao iniciar a comidinha, ela deve ser composta por carne, além dos cereais e verduras, que não devem ser liquidificados, mas só amassados para que o bebê aprenda a mastigar. Não oferecer açúcar, biscoitos doces, gelatina, refrigerante, salgadinho, chocolate, café ou qualquer outro alimento rico em gordura ou açúcar para a criança com até dois anos.

São dicas fáceis de se aplicar em casa?
Márcia — Muito fáceis, pois o bebê não tem autonomia para buscar seus próprios alimentos. É responsabilidade dos pais ou cuidadores oferecer alimentos saudáveis, especialmente nos primeiros anos de vida da criança, quando as preferências alimentares são estabelecidas.

Em que os pais costumam errar na alimentação dos bebês?
Márcia — Um erro que se observa com frequência é a mãe achar que seu leite é fraco ou não sustenta o bebê. Assim, acaba utilizando outros leites. Não existe leite fraco, e a mãe pode melhorar a técnica de amamentação deixando a criança esvaziar o peito em cada mamada, já que o leite com mais energia e gordura sai no final da mamada. Isso faz com que a criança sinta-se mais satisfeita e possa se alimentar em intervalos maiores.

O estudo também trata sobre o açúcar na alimentação das crianças?
Márcia — O que mais nos preocupa atualmente é a enorme frequência de famílias que oferecem para os bebês alimentos com açúcar, muita gordura ou muito sal. Esses alimentos não devem ser oferecidos pelo menos até os dois anos. A oferta de sucos, mesmo os naturais, nos intervalos das refeições é desnecessária e muitas vezes prejudicial, fazendo com o que o bebê perca a fome nas refeições.

Que benefícios foram constatados na pesquisa?
Márcia — Nas unidades em que os profissionais da saúde passaram pelo programa de atualização, observamos em média um aumento de 15% nas crianças amamentadas exclusivamente com leite materno até os quatro meses. Ainda houve uma redução de 33% no risco de bebês de seis a nove meses receberem refrigerante, chocolate e salgadinho.

Fonte: Jornal Zero Hora
Por: Guilherme Mazui

(Extraído do portal Meu Nutricionista)
Foto: internet.

26 de jan de 2012

INSCRIÇÕES PARA ESTAGIÁRIOS NO DEPARTAMENTO DE ATENÇÃO BÁSICA/MINISTÉRIO DA SAÚDE


A partir deste mês serão abertas as inscrições para estágios no Departamento de Atenção Básica (DAB). O Departamento de Atenção Básica compõe a Secretaria de Atenção à Saúde e possui seis (6) coordenações nas quais poderão ser alocados os estagiários, a saber: Acompanhamento e avaliação, Alimentação e Nutrição, Práticas Integrativas e Complementares, Hipertensão e Diabetes, Gestão da Atenção Básica e Saúde Bucal. 

Pela condição de se situar na esfera federal de administração, as atividades a serem desenvolvidas estão relacionadas ao exercício da gestão de políticas da atenção básica no âmbito nacional. 

No espaço destinado aos estagiários no site do DAB, a partir do dia 10 de janeiro, constarão os documentos de regulamento do estágio e o formulário para a solicitação do mesmo. Esta solicitação deverá ser realizada num período mínimo de antecedência de dois meses. Os interessados deverão acessar o seguinte endereço eletrônico: http://dab.saude.gov.br/index.php

Fonte: http://nutricao.saude.gov.br/

Atenção leitores interessados: Ao acessarem o link do DAB (Departamento de Atenção Básica) cliquem no link "Estágio DAB" na coluna esquerda da página e depois em  "Acesso ao Cadastro de Candidatos a Estágio no Departamento de Atenção Básica /SAS/MS".
Não se esqueçam de fazer o Download do Regulamento de Estágio!


Boa sorte a quem participar e beijos nutritivos!!!

23 de jan de 2012

Ação contra obesidade infantil atingirá 50 mil escolas públicas



Tema foi escolhido para a primeira edição da Semana de Mobilização Saúde na Escola, que acontecerá em mais 2.200 municípios de 5 a 9 de março

O Ministério da Saúdeintensificará ações de promoção à saúde, prevenção e controle da obesidade em escolas públicas do país. A iniciativa vai envolver 11 milhões de alunos com idade entre 5 a 19 anos, e faz parte da primeira edição da Semana de Mobilização Saúde na Escola, que acontecerá em março nos municípios(ver quantidade por estado no fim do texto)que fazem parte do Programa Saúde na Escola (PSE).
A medida foi anunciada pela presidenta Dilma Rousseff durante o programa de rádio Café com a Presidentadesta segunda-feira (23). Neste ano, mais de 50 mil escolas em 2.500 municípiosbrasileiros se comprometeram a implementar metas e ações de promoção, prevenção, educação e avaliação das condições de saúde das crianças e adolescentes nas escolas.
O tema de trabalho prioritário em 2012 será Prevenção da obesidade na infância e na adolescência. “Queremos, nessa semana, envolver também os pais para debater um problema que já afeta 1/5 da população infantil. Reduzindo a obesidade infantil, nós vamos prevenir outras doenças que podem ocorrer no futuro, como a hipertensão e a diabetes”.
OBESIDADE - Segundo a Pesquisa de Orçamento Familiar (POF), realizada entre 2008/2009 pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), uma em cada três crianças com idade entre 5 e 9 anos estão com peso acima do recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e pelo Ministério da Saúde. O índice de jovens de 10 a 19 anos com excesso de peso passou de 3,7%, em 1970, para 21,7%, em 2009. No Programa Café com a Presidenta, Dilma Rousseff ressaltou a importância do envolvimento de todos na ação.
SAÚDE NAS ESCOLAS - As ações do Programa Saúde na Escola são desenvolvidas por equipes de Saúde da Família ligadas à Unidade de Saúde Básica (UBS), que se deslocarão até a escola para examinar as crianças e desenvolver práticas educativas de promoção, prevenção e avaliação das condições de saúde. “A manutenção do peso adequado desde a infância é um dos principais fatores para a prevenção de doenças na fase adulta”, explica a coordenadora do Programa Saúde da Família, Raquel Turci. Neste ano também serão programadas visitas da comunidade às Unidades Básicas de Saúde, ação prevista dentro da estratégia Saúde Mais Perto de Você.
INVESTIMENTO - O Ministério da Saúde autorizou em dezembro de 2011 o repasse de R$ 108 milhões referente aos 2.271 municípios que aderiram ao PSE no ano passado, sendo que R$ 65,7 serão destinados aos municípios que fazem parte do Mapa da Miséria. Outros 229 municípios aderiram ao programa neste ano e novos recursos serão repassados a partir de fevereiro. Os valores serãoliberados em duas etapas:na primeira,o município receberá no início de 2012 os 70% do valor acertado para implementar as ações. Os 30% restantes serão pagos em dezembro de 2012, após prestação de contas das ações em desenvolvimento.
O Programa Saúde na Escola é desenvolvido pelos Ministérios da Saúde e Educação, desde 2007, com o objetivo de prevenir e promover a saúde dos educandos de 5 a 19 anos. A iniciativa foi integrada ao Programa Brasil sem Miséria, lançado pela Presidência da República em 2011.
Número de municípios que aderiram ao Programa Saúde na Escola:
UF
UF
Nº municípios
DISTRITO FEDERAL
DF
1
GOIÁS
GO
99
MATO GROSSO DO SUL
MS
32
MATO GROSSO
MT
63
TOTAL CENTRO-OESTE
195
ALAGOAS
AL
92
BAHIA
BA
218
CEARÁ
CE
149
MARANHÃO
MA
185
PARAÍBA
PB
181
PERNAMBUCO
PE
103
PIAUÍ
PI
131
RIO GRANDE DO NORTE
RN
149
SERGIPE
SE
58
TOTAL NORDESTE
1266
ACRE
AC
14
AMAZONAS
AM
25
AMAPÁ
AP
2
PARA
PA
40
RONDONIA
RO
1
RORAÍMA
RR
2
TOCANTINS
TO
99
TOTAL NORTE
183
ESPIRITO SANTO
ES
24
RIO DE JANEIRO
RJ
39
SÃO PAULO
SP
44
MINAS GERAIS
MG
305
TOTAL SUDESTE
412
PARANÁ
PR
80
RIO GRANDE DO SUL
RS
58
SANTA CATARINA
SC
77
TOTAL SUL
215
TOTAL GERAL
2271 
Foto capa: Bruno Spada / MDS


Por Paula Rosa, da Agência Saúde – Ascom/MS
(61) 3315-6260, 3315-2351 e 3315-3580

21 de jan de 2012

Processo Seletivo da Residência Multiprofissional em Saúde da Família



Inscrições abertas para Processo Seletivo da Residência Multiprofissional em Saúde da Família, Biênio 2012-2014


As inscrições serão de 24 de janeiro a 06 de fevereiro de 2012

Valor da inscrição: R$ 220,00 (duzentos e vinte reais)

VAGAS DISPONÍVEIS 
Serviço Social: 01 
Enfermagem: 03 
Farmácia: 01 
Fisioterapia: 01 
Fonoaudiologia: 01 
Nutrição: 01 
Odontologia: 02 
Psicologia: 01 
Terapia Ocupacional: 01 

Início 1º de março 2012


Para acessar o Edital clique aqui


Ficha de Inscrição clique aqui

Fonte: http://www.aps.santamarcelina.org/


Boa sorte a quem participar e beijos nutritivos!

4 de jan de 2012

Vagas para nutricionista no HC - Instituto da criança

Recebi um e-mail do Hc divulgando vaga de estágio para nutricionistas e quero compartilhar com vocês.

Segue abaixo a mensagem para quem se interessar:

"Realizaremos seleção para estágio de capacitação (2 vagas) para nutricionistas já formadas, no Instituto da Criança (HC-FMUSP).
O estágio não é remunerado e será realizado em ambulatório, de 23/01/12 a 20/07/12, com carga horária de 6 horas por dia, pela manhã (8h x 14h) ou à tarde (11h x 17h).
Ao final do estágio deve ser entregue um trabalho científico.
Fornecemos refeição e gratuidade de cursos de atualização realizados pelo Serviço de Nutrição durante o período.

Pré-requisitos: nutricionista, com CRN (não é permitido estágio para aluna de graduação). Se já tiver realizado estágio de capacitação em algum Instituto do HC, só é possível se candidatar se o término tiver sido há mais de 6 meses.
Os interessados devem enviar o currículo para o e-mail:
nutri.icr@gmail.com até o dia 09/01/12.

Data da prova e entrevista: 11/01/2012 (apenas para as selecionadas, as quais serão comunicadas por e-mail até dia 10/01/2012).
Horário: 14h
Local: Av. Dr Enéas de Carvalho Aguiar, 647 - 7o. andar.
Trazer currículo com foto.
Taxa de matrícula: R$ 150,00 (apenas no caso de aprovação e para o início do estágio).
Taxa de crachá: R$20,00 (será devolvido ao final do estágio).
Por favor, divulgar a quem tiver interesse.

Obrigada,

Lenycia Neri
Nutricionista do ambulatório do ICr-HCFMUSP"

1 de jan de 2012

Mensagem de ano novo aos leitores



Desejo muita saúde, amor e paz a todos vocês, leitores e visitantes do Blog Dicas da Nutri.
Em 2012 estaremos juntos de novo.
Beijos nutritivos!!!


Foto: site 5aodia

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...